Primavera e as suas cores

No mês de Março demos as boas vindas á primavera que se antecipou nas últimas semanas do inverno.

Sem dúvidas, a primavera é uma das estações mais esperadas do ano e que nos permite um contato pleno com a natureza. É uma estação com magia, é o equilíbrio perfeito de temperatura, recorda-nos as saudades que tínhamos do sol que nos aquece a alma e transporta-nos para um misto de cores reconfortantes. Automaticamente sentido-nos mais felizes e apetece-nos mais sair de casa. As Blondette, sentiram-se assim e sairam por entre ruas e ruelas de Lisboa e Cascais como se de curiosas turistas se tratassem. 

Esta Primavera, as Blondette, deixaram-se apaixonar pelas suas cores inspirando-as para os looks primaveris das tendências desta estação. Para dias mais frios as malhas por cima de vestidos acetinados continuam a ser a sua escolha preferida, tal como os fatos com cores vivas, saias midi, vestidos de malha, mas com cores primaveris, que sobressaem nas ruas iluminadas da cidade. Mas para dias mais solarengos há que tirar o casaco, e os tecidos transparentes em vestidos e blusas são a escolha perfeita, bem como motivos florais que já são famosos nesta altura do ano.

A feminilidade é bem marcada através da leveza e elegância que roupas ganham. Esta estação é defensora do destaque da linha feminina, potencializa as suas formas e destaca-a no seu melhor.

O tule é um dos materiais chave – por ser leve, mostrar as formas da mulher e dar liberdade ao corpo, tal como é o verdadeiro conceito nesta Primavera.

O tie dye, roupas tingidas, encheu as lojas como se nos preparássemos para uma revolução hippie. E na verdade cada vez mais estamos perante uma sociedade que se preocupa com o tema da sustentabilidade, o que poderá ter mais aderência dos consumidores nesta tendência, que remete aos anos 70 e a forma dos hippies estarem e verem o mundo.

A moda consegue ter características manipuladoras. Começa devagarinho para não nos assustar. Mostra-nos primeiro pequenos detalhes para  nos irmos habituando ao que vemos, e cada estação vai aumentando os detalhes até realmente gostarmos. Como é o caso das redes. Surgiram primeiramente nas meias, depois em sacos de praia, que mais pareciam redes de pesca, e esta estação começa a chegar em peso ás lojas em roupa, como vestidos e blusas.

O coral vivo, é a cor escolhida do ano de 2019 pela Pantone e “chega para proporcionar mais leveza e luminosidade” e “para dar resposta à presença crescente da tecnologia na sociedade”, refere  Leatrice Eiseman, vice-presidente do Pantone Color Institute. Mas o amarelo também tem um papel importante. Bem sabemos que as loiras tem medo de usar amarelo, mas tem se visto em variadas tonalidades certificando-se que agradaria visualmente a cada tipo de pele ou cabelo. 

As tonalidades de vermelho, passando no laranja, amarelo, rosa verde seco, os vários tons de azul e castanhos preenchem as 50 sombras de cor que o regresso do bom tempo nos trás.

O ano de 2019 não vem só com excesso de cor e padrões, vem com o oposto também.  Os tons neutros e o minimalismo renascem dos anos 90, através de peças sóbrias onde os pormenores são valorizados. As fivelas, os botões, os laços são vistosos para contrastar com a simplicidade das roupas.

O animal print continua a ser visto embora não tão nítido. O estilo Western continua a ganhar vida através de roupa, botas, malas e cintos. Bem como as bolinhas, o ombro á mostra, a pele, o total color, as botas compridas, as franjas, penas e os tecidos brilhantes. Há um pouco de tudo. Mas o que realmente apaixonou as Blondette foi o tema mar, que inundou numa onda só os desfiles e as lojas. Este motivo está presente nos cintos, brincos, sandálias, colares, malas, roupas, chapéus onde são cozidos búzios, conchas e todos esses elementos marítimos que nos fazem lembrar as férias de verão.

Blonde- Camisola, 35.99€, Saia, 39,99€, Mango. Mala louis vuitton

Brunette- Blazer, 150€, calças, 89€, Uterqüe. Mala, Michael kors. Sandália, Mango.

 

Blonde- Casaco, vestido e boina, tudo na Zara. Mala, Louis Vuitton. Lenço, Burberry.

Brunette- Camiseiro e botas ambos na Zara. Mala, Michael Kors.

 

Blonde- Camisa,  69€, sapatos, 89€, ambos na Uterque.  Saia, 39,95€, Zara. Mala, Gucci.

Brunette- Blazer, Sfera. Boina, 9,99€, H&M. Botas, Zara.

 

Blonde- Blusa e saia, ambas na Zara. Mala, Furla. Cinto, Uterque. Botas, Nice West.

Brunette- Blusa, Mango. Colete e saia, ambos na Zara. Mala, Mango.

 

Blonde- Vestido, túnica tudo na Zara. Mala, Mango.

Brunette- Vestido, túnica, mala e brincos, tudo na Zara.

 

Blonde- Blusa, calças e carteira, tuna na Zara. Sapatos, Uterque.

Brunette- Blusa, saia, e Mala, tudo na Zara.

 

Blonde- Vestido, túnica, e mala, na Zara. Sandálias, na Cerimónia.

Brunette- Vestido, casaco e mala, na Zara.

 

Blonde- Camisola e vestido, Zara.

Brunette- Vestido, Zara. Malha, H&M. Botas e mala, Mango.

 

Blonde- Camisola, calças e mala, tudo na Mango.

Brunette- Vestido , sobretudo e mala,  Zara. Cinto, Mango.

 

Ph: Edson Pereira e Diogo Gomes.

Blondette Effect
Blondette Effect

Era uma vez uma blonde, distraída e uma brunette, sempre atenta. Uma blonde que adora manhãs e uma brunette que não gosta nada de acordar cedo. Uma brunette que diz rojo e uma blonde que diz encarnado, mas ambas estão a pensar em vermelho.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.