Winter 18/19

Estamos na estação mais fria do ano, o Inverno, mas este ano a meteorologia está a favor dos friorentos.

Já tivemos chuva, já tivemos frio. Mas os dias de sol preencheram esta estação. Principalmente, nesta semana que mais parece primavera!

Nesta estação a palavra chave é: conforto! Mas quem disse que o conforto não pode ser totalmente fashion? Este Inverno todos os tabus em relação a roupa confortável, são ultrapassados.

As lojas encheram-se de vestidos midis, de malha – que nos abraça o corpo – ou com tecidos leves e fluidos – que nos deixam á vontade. Sim é Inverno, e daí? Estes vestidos combinam na perfeição com camisolas de malha grossa, malhas com brilho, camisolas de gola alta, que nos aquecem dos poucos dias de frio que este Inverno ainda nos deu. 

Os pijamas querem-se na rua, com conjuntos de seda/ acetinados ou de malha, pelo seu conforto, mas tornam-se mais sofisticados.

Mini saias ou saias midi, a pensar nos vários tipos de corpos, justas ou fluídas tornam esta estação mais feminina.

Nesta época os roupeiros, por norma, perdem alguma cor. Os designers parecem querer alterar esta realidade. As coleções nacionais e internacionais, para o inverno 2019, mostraram looks com cores vivas e variadas contrariando o o estigma de que a moda de inverno deve ser sóbria e monocromática. E misturar estas cores com as de Inverno? 

Os tons terrosos aconchegam-nos, e entre camel, castanhos, amarelos, laranjas, beges, verdes, foi difícil escolher. O block color passa a ser visto em peças como, camisolas, casacos, vestidos e até calças. O tweed mantém-se, como já é habitual, e as flores da primavera vem mais cedo para nos lembrarmos dos dias quentes.

Luvas, gorros, chapéus ao estilo Western, bem como botas, botins envernizados, sandálias, botas pelo joelho e cintos com fivelas chamativas acessorizam este Inverno, de várias cores e feitios, perfeitos para encaixar num outfit.

É também, tempo de abraçarmos os casacos. Definitivamente atingem o objetivo dos designers: conforto e proteção. Que é as palavras que definem os casacos acolchoados – puffer jackets – tornados icónicos pela marca Moncler, e Balencianga, levando a tendência do streetwear para a passerelle.

Para além dos casacos volumosos os modelos clássicos, como os trench coat e os casacos de pelo, tem uma nova interpretação. E claro, o intemporal sobretudo que é imprescindível nesta estação, por aquecer, assentar que nem uma luva em qualquer look e dar um ar sofisticado e elegante.

Blonde- Camisola, vestido, gorro, mala e botas, tudo na Zara.

Brunette- Camisola, Calças, Chapéu, tuno na Uterque. Cachecol, Zara. Mala, Michael Kors. Cinto, Mango.

 

Blonde- Camisa, calças e cinto, tudo na Uterque.

Brunette- Vestido, Stradivarius, Mala, Zara.

 

Blonde- Camisola, calças, Spaccio. Sapatos, Uterque. Casaco, Maxmara.

Brunette- Camisola, Zara. Calças, Spaccio.

 

Brunette- Vestido e sandálias, Zara. Casaco, Spaccio.

 

Blonde- Camisola, calções, Casaco, tudo na Zara. Botas, Nice West. Mala Louis Vuitton.

 

Blonde- Vestido, Zara. Casaco, Mango.

Brunette- Vestido, Zara. Sadálias e mala, Mango.

 

Blonde- Camisola, Calças, Casaco, tudo na Zara. Mala, Gucci. Botas, Spaccio.

Brunette- Camisa, vestido e botas, tudo na Zara. Casaco, Mango. Mala, Prada.

 

Blonde- Vestido, H&M. Camisa, botas, Zara.

Brunette- Vestido e blusa,  H&M. Botas, Mango.

 

 

Ph: Edson Pereira, Diogo Gomes

Blondette Effect
Blondette Effect

Era uma vez uma blonde, distraída e uma brunette, sempre atenta. Uma blonde que adora manhãs e uma brunette que não gosta nada de acordar cedo. Uma brunette que diz rojo e uma blonde que diz encarnado, mas ambas estão a pensar em vermelho.

1 Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.